Atuação

Direito Médico e da Saúde

A Área de Direito Médico em nosso escritório é coordenada por um advogado, que é também médico atuante. Essa junção de funções na mesma pessoa é extremamente enriquecedora, pois nos permite entender profundamente os desafios da área e pensar em soluções mais criativas.

Com uma grande expertise no setor, nossas atividades englobam:

Atendimento ao Médico

  • Defesa, consultoria e orientação em questões de Má Prática e Erro Médico nas esferas Cível e Administrativa (CRM e CFM).

Atendimento a Instituições: Hospitais / Clínicas / Laboratórios

  • Assessoria jurídica para revisão e otimização de rotinas, protocolos de atendimento / procedimentos médico-administrativos.
  • Realização de programas, campanhas de orientação e treinamento da equipe técnica sobre os procedimentos relacionados à Segurança Jurídica dos Profissionais e Instituições na Área da Saúde, compreendendo Reuniões, Palestras e Regras de Compliance.
  • Atuação nas esferas judicial e administrativa (CRM e CFM) na defesa contra acusações de defeitos na prestação de serviços, má prática e erro médico dos prepostos.

Atendimento às Empresas

  • Atuação em defesa das empresas contratantes de planos coletivos junto às operadoras de planos de saúde: reajustes, negativas de prestação e lides correlatas.
  • Consultoria e assessoria em assuntos relacionados ao Direito Médico.

Implementação ou Revisão de Projetos de Telemedicina para Médicos, Instituições de Saúde e Empresas Provedoras de Plataformas em Telemedicina

  • Respostas aos questionamentos do contratante.
  • Estudos para implementação da telemedicina no Consultório ou Instituição.
  • Àqueles que já fazem uso do método, revisão, diagnósticos e adequação dos protocolos de atendimento ao paciente na modalidade telemedicina.
  • Reuniões e Palestras para discussão de temas relacionados à telemedicina.
  • Elaboração dos documentos indispensáveis e adequados à implementação do protocolo (formulário de cadastro, termo de consentimento com conteúdo adequado, orientações iniciais para adesão do paciente, etc.).
  • Pareceres sobre as plataformas disponíveis para uso em telemedicina.
  • Avaliação de Protocolos utilizados pelas Plataformas de Telemedicina, visando ajustar práticas visando maior segurança jurídica.
  • Treinamento para a equipe de profissionais de saúde sobre boas práticas no uso da Telemedicina.